Ex-secretário da Sefaz Akio Valente terá que devolver R$ 181 milhões ao Tesouro Estadual

Akio Valente Wakiyama é apontado pelo MP como um dos cabeças do esquema de corrupção que saqueou a Sefaz entre os anos de 2009 e 2014.

net_5O ex-secretário de Estado da Fazenda Akio Valente Wakiyama poderá ser condenado a devolver o equivalente a R$ 181.006.405,31 aos cofres públicos do Maranhão. Wakiyama foi apontado pelo Ministério Público (MP-MA) como um dos chefes da organização criminosa que roubou a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) entre os anos de 2009 e 2014, causando um rombo de mais de R$ 400 milhões de reais.No dia 31 de outubro, Akio Valente Wakiyama foi acionado oficialmente pelo promotor Paulo Ramos, titular da 2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária e Econômica. Na ação, que foi divulgada na terça-feira (8), o promotor também pediu, além do ressarcimento aos cofres públicos, a suspensão dos direitos políticos de Wakiyama pelos próximos oito anos. Veja o documento no fim da matéria.

akio 

Fonte: Neto Ferreira

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo