Maranhão – Travestis garantem que foram contratadas e não pagas por professor da UFMA

Comentários 0

Ao contrário do que foi equivocadamente divulgado, cinco travestis de fora do Maranhão, sendo três de Goiais, garantem que foram contratadas  por um professor da UFMA ( ainda não identificado) para uma programa não pago.

O professor teria tido relações de ida e volta mas na hora de pagar disse que não tinha o dinheiro. Tudo aconteceu no Hotel Abville, no São Francisco. Elas alegam que o professor teria registrado um BO falso como se fosse a vítima da situação. As travestis ainda chegaram a ser presas, mas depois de tudo esclarecido foram liberadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *