Comentário de Cármen Lúcia sobre morte de parente de Lula teria feito Rosa Weber sair de grupo de whatsapp de ministros

Comentários 0

O hacker Walter Delgatti Neto afirmou, ao conversar com Manuela D’Ávila sobre um contato com o jornalista Glenn Greenwald, que um comentário da ministra Cármen Lúcia num grupo de whatsapp do STF, ironizando a morte de um parente de Lula, teria feito Rosa Weber deixar o grupo.

Em uma das conversas com Manuela, Delgatti teria dito que a ministra Cármen Lúcia fez piada sobre a morte de um sobrinho (ou do neto) de Lula, que teria feito Rosa Weber sair do grupo. Não há pecisão sobre a morte de qual parente de Lula se referia a conversa.

“Eu tenho uma conversa da áarmem (que era para ser imparcial, segundo o princípio do juiz natural) dizendo sobre a norte (morte) do sobrinho do Lula. Fazendo até piada”, escreveu o hacker. Na conversa não fica claro se o hacker falava realmente do sobrinho de Lula, Marcelo Rúbio Lima Gomes – filho de José Rubens Góes, irmão de Lula por parte de pai – que foi morto em 2016 no Guarujá após discussão em um bar, ou do neto do ex-presidente, Arthur Araújo Lula da Silva, que morreu em março deste ano.

“E ainda ela disse exatamente assim: quem faz mal para outrem, um dia o mal retorna, e pode ser até no sobrinho. A Rosa Weber saiu do grupo na hora!”, disse o hacker, sobre uma das conversas no material que atualmente está com o site The Intercept.

 

Brasil247

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *