Vice-prefeito Valdemir assumiu ontem a prefeitura de Matinha.

a1c85116-437f-4063-9fe5-51dda307dbcd-copia
O professor Valdemir Santos Amaral assumiu ontem 8, a Prefeitura Municipal de Matinha após ser empossado na Câmara de Vereadores. A solenidade foi no prédio do Poder Legislativo, por volta das 17 horas.

Valdemir assume após uma decisão do juiz Celso Serafim Junior, que afastou do cargo o prefeito Beto Pixuta,  após uma ação movida pelo Ministério Público. O professor vai ficar no comando provavelmente até o fim do ano.

De acordo com a decisão, se trata de uma Ação Civil Pública por Ato de Improbidade Administrativa movida pelo Ministério Público, através da promotora Karini Kirimis Viegas, que ajuizou a ação devido aos constantes atrasos de pagamento aos servidores público municipais.

Na solenidade, que deveria ser desde a semana passada, mas o presidente da Câmara de Vereadores, Ulisses Silva, não estava comparecendo às sessões, Valdemir prometeu melhorar a situação de abandono que se encontra em Matinha.

Para se ter uma ideia, funcionários estão a três meses sem receber, o Hospital Municipal não está funcionando, escolas paradas sem professores e quase todos os outros serviços essenciais estão parados naquela cidade. Em seu pronunciamento, o professor falou sobre essa situação e disse está preparado para fazer valer o restante dos dias da nova administração.

Valdemir Santos Amaral é professor e atual vice-prefeito da cidade de Matinha, eleito em 2012 ao lado de Beto Pixuta, com quem rompeu a dois anos atrás. Hoje, aos 44 anos assume interinamente o comando do município e deve ficar até primeiro de janeiro, quando passa o comando a nova prefeita, Linielda de Eldo.

6bdcd147-e9a8-4f7d-9122-fdce7c08e4f6

Fonte: Jailson Mendes 

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo