Bravos policiais que evitaram assalto em Bacabal merecem homenagens

Assantes fortemente armados (provavelmente de outros estados) foram surpreendido por duas guarnições da Polícia Militar e tiveram que recuar.
Não porque agiram em favor de uma empresa privado, mas acima de tudo, pelo fato de colocar suas vidas em risco para proteger a sociedade bacabalense.Seja pela Câmara de Vereadores de Bacabal, Assembleia Legislativa ou pelo próprio Comando da Polícia Militar do Estado do Maranhão, de certo que os policiais atuantes contra o bando que tentou assaltar uma transportadora de valores na noite de ontem, terça-feira (03), merecem ser homenageados diante do ato de bravura.

Em alguns casos onde quadrilhas desse tipo agiram interior do Estado no decorrer do ano passado, houve troca de tiros e vítimas de balas perdidas, inclusive, fatais. Portanto, a forma certeira como afiram os PM’s lotados no 15º Batalhão não pode ser deixada passar em branco.

Como tudo aconteceu
A Central de Operações da PM recebeu no início da noite a informação de que pelo quatro caminhonetes estavam com homens armados, no bairro Alto Mearim, localizado antes da entrada da cidade.

Ao chegar no local, as guarnições foram recebidas a tiros. Uma das viaturas foi cercada e os policiais abandonaram o veículo. Um rádio de comunicação modelo HT deixado na viatura serviu para que um dos bandidos implantasse o terror. Por breves instantes, ele se comunicou com a Central e com as outras viaturas, simulando que estaria com um policial como refém.
Mas só blefe, não era verdade! Também não é verdade que tenha havido a explosão de uma viatura, como especulado em redes socais e blogs ‘apressadinhos’.

Os policiais perceberam o cerco dos bandidos, abandonaram a viatura e conseguiram pedir reforço enquanto trocavam tiros. No confronto, um dos carros do bando foi explodido – não se sabe se propositalmente ou acidentalmente.

Começavam então as especulações por parte dos populares dando conta de que havia sido explodida uma das agências bancárias da cidade. Os fragmentos da explosão atingiram uma das viaturas da Polícia Militar, que ficou parcialmente danificada.
O Comandante da PM na cidade, Coronel Jurandir Braga, adotou medidas de protocolo e interditou os acessos à cidade, inclusive o trânsito na cabeceira da ponte sobre o Rio Mearim. Policiais de várias cidades da região foram acionados, além de apoio do GTA – Grupo Tático Aéreo.

Ainda de acordo com o superintendente, a quadrilha chegou a usar os explosivos que empregariam no assalto contra as viaturas da PM, o que chegou a danificar outro veículo, mas sem deixar feridos.

Ainda na tarde desta quarta-feira (04) a operação ainda está em andamento buscando os criminosos que empreenderam sujo no matagal.

Deu no Blog do Domingos Costa

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo