BURITICUPU/MA – Polícia prende suspeitos do assassinato de PMs

Carlos Alberto Constantino Sousa e Júlio César da Luz Pereira.

 Os acusados de assassinato do cabo Júlio César da Luz Pereira e do soldado Carlos Alberto Constantino Sousa foram presos. Os dois policiais militares sumiram no dia 17 de novembro, na cidade de Buriticupu, distante 420 km de São Luís. Um tenente e dois soldados tiveram a prisão decretada. Foi confirmada a prisão do tenente. Mas para a cúpula da segurança, o caso está elucidado.

Eles teriam sido assassinados por outros militares – um tenente e dois solados da Polícia Militar.A Justiça Militar atendeu o pedido da delegada Nilmar da Gama Rocha.

Uma coletiva será realizada nesta quarta-feira, às 10h, no auditório da Secretaria de Segurança Pública, em São Luís, onde serão apresentados detalhes do caso.

A filha de Júlio César, Emilly Linhares, manifestou surpresa ao tomar conhecimento que seu pai foi assassinado por colegas de farda. No facebook, ela revelou que um acusado preso prometeu que iria encontrar Júlio chegando até a abraçar a família e garantido que só descansaria depois que encontrasse o PM. “Eu vou ter o prazer de olhar na sua cara, bandido, que me jurou o tempo todo que iria encontrar meu pai, que abraçou minha família e disse que só descansaria quando trouxesse meu pai! Grande amigo!”, desabafou.

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo