CORTE DE PUBLICIDADE E CHEGADA DA CNN BRASIL SÃO DUROS ATAQUES À GLOBO

O ano de 2019 parece ser um dos mais desafiadores para o futuro do Grupo Globo, o maior conglomerado de mídia da América Latina, comandado pelo família Marinho. Desde a campanha eleitoral em que saiu vencedor, o presidente Jair Bolsonaro vem dando demonstrações inequívocas de que a Globo não terá prestígio em seu governo. 

Uma das primeiras iniciativas concretas de Bolsonaro contra o monopólio da Globo na comunicação do País foi atacar a publicidade da emissora. Bolsonaro defende um projeto de lei que acabe com o ‘bônus de volume’, o instrumento que levou o sistema publicitário brasileiro a uma espécie de ‘cartelização’, com primazia da Globo sobre todas as outras emissoras. O projeto já está escrito, com ajuda dos concorrentes da Globo, e será apresentado ao Congresso pelo ex-ator e agora deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP)

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo