FACHIN NEGA A GEDDEL ACESSO PARA DESCOBRIR QUEM ENTREGOU O BUNKER DOS R$ 51 MI

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin negou pedido feito pelos advogados de defesa do ex-ministro Geddel Vieira Lima para conseguir acesso ao número de telefone do qual partiu a denúncia que resultou na apreensão de R$ 51 milhões em espécie que estavam escondidos em um apartamento ligado ao ex-ministro, em Salvador.

O pedido da defesa de Geddel para ter acesso ao número de telefone foi feito no começo de novembro e foi negado por Fachin nesta quinta-feira (14). No pedido, Geddel também desejava ter acesso a identidade do policial que recebeu a denúncia, em julho deste ano.

Em sua recusa, Fachin destacou que sua atuação nesta fase do processo se limita à supervisão dos atos investigativos e “à deliberação acerca das medidas que exigem decisão judicial”, cabendo a autoridade policial avaliar a pertinência dos pedidos feitos pela defesa nesta fase do inquérito.

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo