Funcionária é agredida e chamada de “lixo” e “macaca” por torcedor

Uma funcionária de um dos bares do Mineirão denunciou ter sido agredida fisicamente e sofrido ataques racistas ao ser chamada de “lixo” e “macaca” por um torcedor no jogo entre Atlético-MG e Corinthians na última quarta-feira. Em entrevista ao jornal O Tempo, Bruna Araújo Campos, de 36 anos, afirmou que são frequentes os xingamentos de torcedores contra funcionários. Ela registrou um Boletim de Ocorrência.

“Gritam com a gente quando a cerveja tá quente, congelada, com espuma. Eu não dou atenção, e fiz o mesmo com esse. Mas no finzinho do segundo tempo ele passou de novo, falando as mesmas coisas e dizendo que me esperaria lá fora”, disse.

De acordo com a funcionária, o homem queria que ela pegasse uma cerveja em um setor que não era autorizada. “Eu expliquei e ele começou a me agredir verbalmente, me chamou de lixo, de macaca, e falou que iria me pegar na saída”, disse.

 

Brasil247

 

Continue acessando o blog EUDESFELIX.COM.BR e também pelo FACEBOOK

Fatos dos Municípios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao topo