HUMILHADO DE NOVO: CHANCELER ALEMÃ, MERKEL CRITICA CORRUPÇÃO E CANCELA JANTAR COM TEMER NO G20

Depois de levar uma bronca pública da primeira-ministra da Noruega, Temer é humilhado pela chanceler alemã.

Depois de tomar uma bronca pública da primeira-ministra da Noruega e de chamar o monarca daquele país de “rei da Suécia”, Michel Temer segue passando vergonha em sua política externa.
Ele, que já não era esperado com muita animação pelos líderes mundiais, foi relegado a uma posição decorativa no encontro do G-20, que reúne os líderes das 20 maiores economias mundiais em Hamburgo, na Alemanha.
Por conta da crise política, Michel Temer havia cancelado a participação no encontro. Criticado, resolveu voltar atrás e acompanhar a cimeira.
Nesse meio tempo, perdeu a chance de posar ao lado de Merkel. A chancelaria alemã marcou outro compromisso para Merkel no horário antes reservado a Temer. Curiosamente, a chanceler alemã fez um discurso esta semana criticando a corrupção em países emergentes. Seria uma indireta para Michel?

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo