Moradores de Paço do Lumiar repudiam a retirada das árvores das avenidas e o desmatamento do Uruçaral

Seria providencial o prefeito Domingos Dutra fazer suas ações com consonância com a população, pois essa uma das vertentes de uma gestão realmente comprometida com a coisa pública e, principalmente, pelo bem-estar coletivo. Uma gestão participativa é tudo que o povo quer, haja vista que ele é o responsável por colocar um prefeito para gerir a coisa pública, mas que respeite os anseios coletivos. Que se tenha a consciência de preservar o verde, isso através de podas e tratamentos, e não cortar!!! Uma cidade desnuda do verde não tem vida…

Caio

As pessoas que passam pela avenida 12 do conjunto Maiobão, em Paço do lumiar, devem estar sentindo uma diferença na via de grande importância. Todas as árvores  do local foram cruelmente cortas pelo mutirão de limpeza realizado pela prefeitura de Paço do Lumiar que é comandada pelo prefeito Dutra em parceria com  o governo estadual.

Sem nenhum tipo de licença, nem explicação ou autorização pela  população o ato criminoso contra a natureza foi feito na última segunda-feira (30). No site oficial da prefeitura não há  nenhuma nota a respeito das crueldades feitas pela prefeitura com o consentimento do comunista. AVENIDA 12 TOTALMENTE DESCAMPADA.

Na opinião de especialistas ouvidos pela nossa equipe de reportagem, para fazer o corte de uma árvore é preciso licença ambiental e uma série de fatores que justifiquem a retirada da planta como: brechas, fissuras e fungos ou riscos de queda da planta, além da compensação ambiental. E alertam, em caso de chuvas fortes ou ventanias as árvores são importantes para absorção do impacto das rajadas de ventos, bem como no refrescamento do ambiente, e sua fotossíntese, elevação e purificação do ar.

Na sede do Município, as ações contra a natureza continuam, o canal do Uruçal também foi vítima.

E agora está em parte descampado.    URUÇARAL SENDO DESCAMPADO

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo