MORO É UM JUIZ DISSIMULADO, DIZ VALENTE SOBRE POSSE DE ARMAS

O deputado federal reeleito Ivan Valente (Psol-SP) criticou o anúncio do presidente eleito, Jair Bolsonaro, de liberar a posse de armas, por decreto, ideia também defendida pelo futuro ministro da Justiça Sérgio Moro.

“Sem um projeto p/o Brasil e os brasileiros, Bolsonaro se alimenta de factóides q mantenham seu público entretido,como este de liberar a posse de armas p/decreto. Comprovado q isto só aumenta a violência, saber q a ideia partiu de Moro é revelador do caráter deste juiz dissimulado”, disse o congressista no Twitter.

Segundo coluna Painel, Moro sugeriu a aliados como medida prioritária para os cem primeiros dias do governo a edição de um decreto para facilitar a posse de armas, o que tiraria o debate do Congresso Nacional.

O parlamentar afirmou que “liberar o uso de armas por decreto é mais um embuste de Moro e Bolsonaro”. “Tema polêmico, aparece na agenda do governo como medida a ser implantada por decreto. Governança por canetada. Mais uma vez o desprezo pela democracia, pelo debate, passando por cima do Congresso Nacional”.

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo