Blog Eudes Félix – Fatos dos Municípios - Blog Eudes Félix – O Maranhão em suas mãos

São Luís/MA – Por meio de parceira Governo Brandão investe em soluções energéticas para pequenos empreendedores

Na segunda-feira (25), no Palácio dos Leões, o governador Carlos Brandão recebeu o presidente da Atua Energia, Jorge Maciel. A reunião, que teve como foco o debate sobre soluções energéticas para os pequenos e microempresários do Estado, resultou em uma parceria para a instalação de fazendas solares de geração distribuída, em cidades como Codó, Brejo, Anapurus e Santa Inês, inicialmente.

Reunião com Atua Energia e Comissão do governo. (Foto: reprodução)

Presente em 11 estados da federação, a Atua Energia, que pertence ao Grupo Incospal, fará um investimento de R$ 100 milhões de reais no Maranhão. A empresa atende desde pequenas empresas e condomínios, até grandes redes empresariais, que desejam produzir sua própria energia, para reduzir custos e potencializar resultados.

“Com a chegada dessa empresa, o Maranhão terá produção de energia através da energia solar. É uma energia limpa, barata. É a energia do futuro, proporcionando aos pequenos investidores o acesso a essa energia até 20% mais barata. O que vai levar desenvolvimento aos municípios e, consequentemente, ao nosso Estado”, afirmou o governador Carlos Brandão.

Para o presidente da Atua Energia, Jorge Maciel, a parceria oportuniza, ao pequeno e microempresário maranhense, uma economia na conta mensal que pode ser convertida em reinvestimento no negócio, e até mesmo na contratação de pessoal.

“A gente está trazendo esse investimento para atender o pequeno/microempresário e oportunizar a produção da sua própria energia solar, com o selo verde, e ainda conseguindo uma economia na sua conta mensal”, frisou o presidente.

O Jorge Maciel explicou, ainda, que a partir da locação das usinas da Atua, os empreendedores, sem a necessidade de investimentos ou intervenções, poderão conseguir uma economia que costuma chegar em até 20%.

“A Atua faz fazendas solares de geração distribuída e loca frações dessas usinas solares para o pequeno e microempresário. Então, ela permite que o empresário, sem necessidade de investimento, sem preocupação em licenciamento, possa adquirir placas, construir; esse empresário consegue, através da modalidade de locação, produzir a sua própria energia e, normalmente, alcança até 20% de desconto em sua conta”, ressaltou.

Categoria: Notícia Geral