Prisões de assaltantes crescem 63% nos últimos dois anos em São Luís

O número de prisões de assaltantes de bancos cresceram 63,5% em 2016, de acordo com um levantamento da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP‐MA), divulgado na segunda‐feira (23). Ainda segundo os dados, o número de explosões a caixas eletrônicos caiu 2,2% no ano passado.

Em 2016, a Superintendência Especial de Investigação Criminal (Seic) desarticulou diversas quadrilhas interestaduais de roubo a banco com a prisão de 237 suspeitos. O número é maior que os de 2015, quando 145 pessoas foram detidas por este crime. Os dados ultrapassam também os de 2014, quando apenas 112 suspeitos foram presos.

Um dos desafios da polícia é impedir os ataques às agências que têm como alvo dos assaltantes os caixas eletrônicos, muitas vezes destruídos nas investidas. Os dados da SSP‐MA mostram que em 2015 foram registrados atentados deste tipo contra 54 equipamentos. O trabalho policial conseguiu diminuir estas ocorrências em 2016, quando os registros caíram para apenas 44 casos. Em 2014, foram registradas 45 situações destas.

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo