Revendedores diminuirão preço de combustível na mesma velocidade que aumentaram?

Placa registra preços anteriores ao aumento (Foto: De Jesus/O Estado)

Uma pergunta tem se repetido nas redes desde que Justiça Federal determinou a suspensão imediata do decreto publicado na semana passada pelo governo e que elevou a alíquota de PIS/Cofins que incide sobre a gasolina, o diesel e o etanol.

Os consumidores querem saber se os empresários diminuirão os preços na mesma velocidade com que aumentaram, na semana passada, depois de confirmado o reajuste dos impostos.

Na ocasião, após apenas um dia da alta dos tributos,os preços nas bombas já estavam mais caros.

No Maranhão, o Procon-MA garante que vai pressionar para que a redução seja imediata. “Já estamos notificando todos os postos”, diz Duarte Júnior.

Segundo ele, “os preços devem ser imediatamente reduzidos em todo o país, após o Governo Federal ser oficialmente notificado desta decisão”.

Vale aguardar…

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo