São Luís/MA – Nova remessa de vacinas da AstraZeneca e Coronavac chegam ao Maranhão

O Maranhão recebeu, nesta sexta-feira (23), mais uma remessa de vacinas do Ministério da Saúde, com 86.600 doses de imunizantes, sendo 19.600 de CoronaVac e 67.000 de AstraZeneca. Ao desembarcarem em São Luís, os imunizantes foram encaminhados para a Rede de Frio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), responsável pela distribuição aos municípios maranhenses.  

De acordo com a chefe do Departamento de Controle e das Doenças Imunopreveníveis da SES, Halice Figueiredo, as vacinas devem chegar até este domingo aos municípios. “Iniciamos enviando por via terrestre para a Região Metropolitana ainda na sexta-feira e, durante o fim de semana, enviaremos por via aérea para as demais Regionais de Saúde, para que nesta segunda-feira os municípios possam dar seguimento às suas campanhas de vacinação”, explicou Halice.

Para a distribuição continuar acontecendo em tempo recorde, a SES atua em parceria com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), que administra o uso do avião do tipo King Air e dois helicópteros do CTA. Também são usadas vans refrigeradas para o transporte terrestre, que além de distribuir as vacinas aos municípios da Região Metropolitana, também saem das Regionais de Saúde em direção aos municípios contemplados.

A chefe do Departamento de Doenças Imunopreveníveis da SES, Halice Figueiredo, faz ainda um alerta para as pessoas que já tomaram a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

“As pessoas que já receberam a primeira dose da vacina, precisam receber a segunda dose para assim completar o seu esquema vacinal e ser considerado vacinado. Por isso, é importante que a pessoa verifique a carteira de vacinação e a data do agendamento para a segunda, para neste dia, se dirigir a um ponto de vacinação próximo da sua casa”, alertou Halice Figueiredo. 

Com a nova remessa, o Maranhão totaliza 1.585.790 doses recebidas, sendo 532.750 da AstraZeneca e 1.053.040 doses da CoronaVac.

ma10

CONTINUE ACESSANDO O BLOG eudesfelix.com.br E TAMBEM PELO FACEBOOK

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo