SÃO LUÍS/MA – PROPINA! Prefeitura afastou fiscais da Blitz Urbana antes de prisões

Os três técnicos de fiscalização da Blitz Urbana, órgão da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh), presos nesta terça-feira (6) pela durante operação da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), já estavam afastados das suas funções no órgão há quase dois meses.

Segundo nota enviada pela Semurh, já havia chegado ao conhecimento da atual gestão da capital maranhense a denúncia de envolvimento os funcionários em casos de corrupção. Diante disso, a Prefeitura abriu procedimento administrativo para apurar o caso e os servidores foram imediatamente afastados.

A prisão dos servidores nesta terça-feira só foi possível porque a Prefeitura de São Luís, tão logo soube do caso, encaminhou a denúncia para os órgãos competentes. A gestão municipal encaminhou o que apurou ao Ministério Público Estadual (MPE-MA) e também para a delegacia de Crimes Funcionais para que as investigações fossem feitas.

“Isto demonstra que a prisão dos três técnicos não pegou de surpresa a Prefeitura, que fez a parte que é de sua competência tomando medidas internas para o combate à corrupção, cessando a atuação dos servidores, evitando eventuais novas vítimas e buscando órgãos específicos para dar prosseguimento à apuração”, diz o comunicado enviado ao blog do Gilberto Leda.

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo