Reunião de 10h termina sem acordo entre mulheres de PMs e Governo

Secretário de Direitos Humanos do Espírito Santo, Júlio Pompeu (Foto: Fernando Madeira/ A Gazeta)

A segunda reunião para apresentação de propostas entre mulheres de policiais militares, associações de policiais e governo aconteceu nesta quinta-feira (9) e terminou na madrugada de sexta, no Palácio da Fonte Grande, em Vitória. A conversa, que durou mais de 10 horas, ocorreu a portas fechadas e terminou sem acordo. As mulheres disseram que o movimento continua e governo deixou sua proposta em aberto até as 6h desta sexta-feira.

ENTENDA: ato que começou com 10 mulheres tirou a PM das ruas

As mulheres saíram da reunião dizendo que seguiriam nos batalhões. A manifestante Fernanda Silva disse que não vai haver acordo. “Eles não deram garantia de nenhum reajuste. Já foram 113 mortes e a greve continua”, disse a esposa de PM.

 

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo