JUCÁ PERDE AÇÃO CONTRA MULHER QUE PERGUNTOU SE ELE NÃO TINHA ‘VERGONHA NA CARA’ DURANTE VOO

O juiz Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara de Justiça do Distrito Federal rejeitou a denúncia feita pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR) contra Rúbia Graziele de Souza Vegas, que o filmou em um voo em 29 de novembro de 2017. Ela o acusou de acobertar irregularidades cometidas por políticos e pelo governo.

O juiz da 12ª Vara de Justiça do Distrito Federal, Marcus Vinícius Reis Bastos, rejeitou a denúncia denúncia feita pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR) contra Rúbia Graziele de Souza Vegas. Na queixa-crime, o parlamentar acusava Rúbia de ter incorrido nos crimes de calúnia, difamação e injúria. Ação foi movida após um vídeo gravado por Rúbia, durante um voo no dia 29 de novembro do ano passado ter viralizado nas redes sociais.

Na filmagem, ela acusava o senador de tentar acobertar irregularidades e atos de corrupção cometidas por políticos e por membros do alto escalão do governo Michel Temer e que ele havia atuado para “salvar seus amigos canalhas”, além de dizer que o “sossego dele ia acabar” e que ele não tinha vergonha na cara. 

Na sentença, divulgada pelo blog do Vicente, no Correio Brazileinse, o magistrado observou que Rúbia, “como qualquer outro cidadão, tem o direito de questionar políticos, mesmo que em tom de cobrança, a respeito de qualquer fato divulgado, sobretudo em relação a temas tão desabonadores que têm sido amplamente divulgados pela mídia”.

Assista o vídeo:

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo