Veja a lista completa das prefeituras maranhenses envolvidas em fraudes com a Coopmar

Em coletiva realizada na manhã desta terça-feira, os órgãos investigadores revelaram a quantia que foi fraudada entre a Cooperativa Maranhense de Trabalho (Coopmar) e várias prefeituras do Maranhão. A cooperativa terceirizava serviços para a gestões que atuava em conjunto para facilitar as fraudes na licitações.

Para se ter ideia, as altas cifras milionárias ficavam apenas em poder dos empresários e gestores enquanto os funcionários recebiam míseros salários e com atraso.

A operação apreendeu R$ 38 milhões de reais de pessoas ligadas à cooperativa, além da apreensão de 11 veículos e sete imóveis tornaram-se indisponíveis.

Em Presidente Dutra foram quatros contratos assinados em março do ano passado totalizando mais de R$ 7 milhões.

Abaixo a relação de algumas das prefeituras envolvidas e os valores respectivos correspondente aos desvios.

Timon – R$ 93 milhões

Caxias

Coroatá – 13,6 milhões

Ribamar

Peritoró

Rosário –

Presidente Dutra – 7,4 milhões

Arari

São Mateus – R$ 4,4 milhões

São Domingos do Maranhão

Santa Helena – R$ 6,5 milhões

Santa Rita

Chapadinha – 1,9 milhão

Paço do Lumiar

Matinha –

Grajaú – R$ 1,6 milhões

Viana –

As prefeituras onde não aparecem os valores porque os contratos ainda não foram completamente apurados pela CGU.

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo