Blog Eudes Félix – Fatos dos Municípios - Blog Eudes Félix – O Maranhão em suas mãos

SÃO LUIS / MA – Sucesso total no Arraíá da Alegria do Instituto Bom Pastor “Foi bão di mais” no Largo da Penha

Por: Eudes Félix

Junho é o mês das quadrilhas nas escolas brasileiras. Aliás, não só dela, como também da roupa xadrez, das comidas típicas, dos bigodinhos desenhados com lápis e das trancinhas falsas nos cabelos das meninas. Também tem a parte da gastronomia feita com muito carinho como canjica, pamonha, mingau de milho, tapioca, cuscuz de arroz, cuscuz de milho, mugunzá e uma variedade que deixa você com água na boca e um gostinho de quero mais.

A Mega Festa Junina aconteceu no Largo da Igreja de Nossa Senhora da Penha no dia 28 sábado com o espaço cultural totalmente lotado pela grande participação popular, que não se cansava de aplaudir, registrar e fotografar tanta beleza apresentada pelos alunos do IBP. Foi um SUCESSO!

Houve participação integral de todo o ensino fundamental do Instituto Bom Pastor que não mediu esforço para realizar tão grande festa popular.

AS APRESENTAÇÕES

A primeira apresentação foi da CRECHE I – com a Dança da Saia coordenada pelas professoras Concita e Taynara levantando a galera. Em seguida veio a CRECHE I A – Integral – com a Dança da Capelinha de Melão – Professores Giselle e Michelle. Já a 3ª apresentação foi a CRECHE I B – Integral com a Dança da Peneira acompanhada pela professora Lucykelly e Francira. A 4ª ficou com a CRECHE II Parcial Dança do Boiadeiro – Professora Letícia. A 5ª apresentação foi bastante aplaudida com a turminha da CRECHE II A – Exibindo a Dança da Pipoca- Professores Lucykelly e Francira. A 6ª ficou com a CRECHE II B – Integral Dança da Fogueira – Professores Maryvanda e Karol. Em sequencia a 7ª e 8ª apresentação Pré I- Parcial e Pré I A Integral com a Dança do Côco – Professores Moisângela,Antônio, Janaína e  LaYane. A apresentação de nº 9 PRÉ II Parcial e Integral Bumba-Meu-Boi e em sequencias ainda tiveram a oportunidade de apreciar as danças do 1º Ano Parcial e 2º Ano Noturno, Turno Vespertino do Fundamental I, Ensino Fundamental I e II com as Danças do Carimbó, Cacuriá, Dança Coutry além da apresentação mais esperada da convidada Quadrilha Mirim da FLOR DE MARACUJÁ encerrando as bricadeiras dos festejos junino do Instituto Bom Pastor Edição 2019.

A mãe de uma aluna da Creche II falou ao blog que estava muito ansiosa para ver a sua filha participar da Dança do Boiadeiro pela primeira vez e ficou emocionada com tanta beleza e organização oferecida pela escola.

Por outro lado, a professora Astélia uma das coordenadoras comentou ao jornal Fatos dos Municípios, que a festa junina pode ser importante nas escolas para fazer o aluno “vivenciar solidariedade e construção coletiva através de seus costumes e tradições”, incentivar a população local, conhecer e valorizar a nossa cultura além de manter as tradições, resgatando as festas populares através da festividade junina.

ACOMPANHE O BLOG eudesfelix.com.br TAMBÉM PELO FACEBOOK

COROATÁ/MA – Abre os festejos juninos com grande participação popular

Com uma mega estrutura, a “Vila Junina” no município de Coroatá ficou superlotada na abertura oficial do São João edição 2019 com a presença do Secretário de Estado das Cidades o deputado federal Rubens Pereira Júnior e alguns assessores.

O grande evento popular aconteceu no dia 22 (SÁBADO), com a inauguração da Praça da Assembleia de Deus Irmã Raimunda Gomes da Silva com internet gratuita.

O prefeito Luisinho Junior da A Movelar descerrou a placa inaugural juntamente com várias autoridades entre eles o ex-prefeito Luis da A Movelar, a primeira dama Joana, secretários, vereadores, o secretário de estado das cidades o deputado Rúbens Pereira jr., além de amigos convidados.

“Estou muito feliz por entregar mais uma obra importante para o nosso município que é esta Praça da Assembleia de Deus construída com recursos próprios informatizada com INTERNET PARA TODOS onde a população coroataense terá o direito de interagir com o mundo virtual”, comentou o prefeito ao jornal Fatos dos Municípios.

O prefeito Luizinho Jr. faz a abertura oficial do São João 2019 de Coroatá/MA

Em seguida saiu em comitiva para oficializar a abertura das festas juninas que é referencia em organização, beleza e segurança. A Vila Junina enfeitada a caráter, com bandeirinhas, barracas com comidas típicas, estava lotada para receber as apresentações folclóricas como quadrilha bumba bois, dança do cacuriá, danças portuguesas além da expectativa da galera para o primeiro grito musical das bandas Loira da Mariol e show do cantor Bruno Shinoda que levantou a galera com o seu ritmo musical. “Serão dez dias de festa e espero que todos se divirtam com muita segurança e manter a nossa tradição, não de maior São João da região mais de melhor São João do Maranhão”, enfatizou Luisinho.

ACOMPANHE O NOSSO BLOG eudesfelix.com.br TAMBÉM NO FACEBOOK!

São Luis/MA- Instituto Bom Pastor apresenta programação do São João 2019

Seja bem vindo ao Arraiá mais esperado do ano.

Curta e fique por dentro de todas as novidades e acontecimentos.

Em nossa ESCOLA, fazer o melhor significa esforçar-se para deixar marcas profundas em cada aluno que por ela passe, buscando sempre resgatar valores essenciais à vida humana: solidariedade, fraternidade, respeito mútuo e respeito ao próximo.

Missão: “Nossa missão é preparar o aluno de maneira integral para a vida.”

Tradicionalmente, as Festas Juninas começam no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio e encerram no dia 29 de junho, dia de São Pedro. Já nos dias 23 e 24 é celebrado o dia de São João. Esses são os três santos populares lembrados no mês de junho.

ORIGEM DA FESTA JUNINA

A origem das Festas Juninas é pagã. Ainda antes da Idade Média, as celebrações anunciavam o solstício de verão e de inverno e homenageavam os deuses da natureza e da fertilidade.

A igreja acabou aderindo às festas atribuindo-lhes um caráter religioso, uma vez que não conseguia acabar com a sua popularidade.

Em Portugal, em virtude da coincidência de datas, passou-se a comemorar o São João, chamando-lhe de festas joaninas. No país lusitano, a Festa de São João na cidade do Porto é muito famosa e atrai milhares de pessoas que todos os anos festejam nas ruas.

No Brasil, as festas juninas foram introduzidas pelos portugueses no período colonial e, desde então, a comemoração sofreu influências das culturas africanas e indígenas e, por isso, possui características peculiares em cada parte do Brasil.

As festas caipiras, como são também conhecidas, são típicas da região nordeste, onde a maior festa de São João do mundo acontece em Campina Grande, no Estado da Paraíba.

 

VISITE O NOSSO BLOG eudesfelix.com.br e também pelo Facebook

São Luis/MA- Instituto Bom Pastor apresenta programação do São João 2019

Seja bem vindo ao Arraiá mais esperado do ano.

Curta e fique por dentro de todas as novidades e acontecimentos.

Em nossa ESCOLA, fazer o melhor significa esforçar-se para deixar marcas profundas em cada aluno que por ela passe, buscando sempre resgatar valores essenciais à vida humana: solidariedade, fraternidade, respeito mútuo e respeito ao próximo.

Missão: “Nossa missão é preparar o aluno de maneira integral para a vida.”

Tradicionalmente, as Festas Juninas começam no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo Antônio e encerram no dia 29 de junho, dia de São Pedro. Já nos dias 23 e 24 é celebrado o dia de São João. Esses são os três santos populares lembrados no mês de junho.

ORIGEM DA FESTA JUNINA

A origem das Festas Juninas é pagã. Ainda antes da Idade Média, as celebrações anunciavam o solstício de verão e de inverno e homenageavam os deuses da natureza e da fertilidade.

A igreja acabou aderindo às festas atribuindo-lhes um caráter religioso, uma vez que não conseguia acabar com a sua popularidade.

Em Portugal, em virtude da coincidência de datas, passou-se a comemorar o São João, chamando-lhe de festas joaninas. No país lusitano, a Festa de São João na cidade do Porto é muito famosa e atrai milhares de pessoas que todos os anos festejam nas ruas.

No Brasil, as festas juninas foram introduzidas pelos portugueses no período colonial e, desde então, a comemoração sofreu influências das culturas africanas e indígenas e, por isso, possui características peculiares em cada parte do Brasil.

As festas caipiras, como são também conhecidas, são típicas da região nordeste, onde a maior festa de São João do mundo acontece em Campina Grande, no Estado da Paraíba.

 

VISITE O NOSSO BLOG eudesfelix.com.br e também pelo Facebook