SÃO LUIS / MA – Sucesso total no Arraíá da Alegria do Instituto Bom Pastor “Foi bão di mais” no Largo da Penha

Por: Eudes Félix

Junho é o mês das quadrilhas nas escolas brasileiras. Aliás, não só dela, como também da roupa xadrez, das comidas típicas, dos bigodinhos desenhados com lápis e das trancinhas falsas nos cabelos das meninas. Também tem a parte da gastronomia feita com muito carinho como canjica, pamonha, mingau de milho, tapioca, cuscuz de arroz, cuscuz de milho, mugunzá e uma variedade que deixa você com água na boca e um gostinho de quero mais.

A Mega Festa Junina aconteceu no Largo da Igreja de Nossa Senhora da Penha no dia 28 sábado com o espaço cultural totalmente lotado pela grande participação popular, que não se cansava de aplaudir, registrar e fotografar tanta beleza apresentada pelos alunos do IBP. Foi um SUCESSO!

Houve participação integral de todo o ensino fundamental do Instituto Bom Pastor que não mediu esforço para realizar tão grande festa popular.

AS APRESENTAÇÕES

A primeira apresentação foi da CRECHE I – com a Dança da Saia coordenada pelas professoras Concita e Taynara levantando a galera. Em seguida veio a CRECHE I A – Integral – com a Dança da Capelinha de Melão – Professores Giselle e Michelle. Já a 3ª apresentação foi a CRECHE I B – Integral com a Dança da Peneira acompanhada pela professora Lucykelly e Francira. A 4ª ficou com a CRECHE II Parcial Dança do Boiadeiro – Professora Letícia. A 5ª apresentação foi bastante aplaudida com a turminha da CRECHE II A – Exibindo a Dança da Pipoca- Professores Lucykelly e Francira. A 6ª ficou com a CRECHE II B – Integral Dança da Fogueira – Professores Maryvanda e Karol. Em sequencia a 7ª e 8ª apresentação Pré I- Parcial e Pré I A Integral com a Dança do Côco – Professores Moisângela,Antônio, Janaína e  LaYane. A apresentação de nº 9 PRÉ II Parcial e Integral Bumba-Meu-Boi e em sequencias ainda tiveram a oportunidade de apreciar as danças do 1º Ano Parcial e 2º Ano Noturno, Turno Vespertino do Fundamental I, Ensino Fundamental I e II com as Danças do Carimbó, Cacuriá, Dança Coutry além da apresentação mais esperada da convidada Quadrilha Mirim da FLOR DE MARACUJÁ encerrando as bricadeiras dos festejos junino do Instituto Bom Pastor Edição 2019.

A mãe de uma aluna da Creche II falou ao blog que estava muito ansiosa para ver a sua filha participar da Dança do Boiadeiro pela primeira vez e ficou emocionada com tanta beleza e organização oferecida pela escola.

Por outro lado, a professora Astélia uma das coordenadoras comentou ao jornal Fatos dos Municípios, que a festa junina pode ser importante nas escolas para fazer o aluno “vivenciar solidariedade e construção coletiva através de seus costumes e tradições”, incentivar a população local, conhecer e valorizar a nossa cultura além de manter as tradições, resgatando as festas populares através da festividade junina.

ACOMPANHE O BLOG eudesfelix.com.br TAMBÉM PELO FACEBOOK

Fatos dos Municípios

Voltar ao topo