Blog Eudes Félix – Fatos dos Municípios - Blog Eudes Félix – O Maranhão em suas mãos

Sob Bolsonaro, média da gasolina vai a R$ 7,27, maior patamar desde 2004

Dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) apontam que o preço médio da gasolina comum chegou a R$ 7,270 na semana entre os dias 17 e 23 de abril, no que é considerado o maior patamar desde 2004, quando o levantamento semanal de preços começou a ser realizado. 

Ao longo da semana, o valor cobrado pelo litro do combustível subiu 0,7% em relação à semana anterior, de 10 a 16 de abril, quando ficou em R$ 7,219. Essa foi a segunda alta semanal consecutiva registrada pela agência. Segundo a ANP, o maior preço praticado nos 5.235 postos pesquisados em todo o país foi de R$ 8,599, e o menor, de R$ 6,190. 

Até então, o recorde anterior por litro do combustível era de R$ 7,267, registrado na semana entre 13 a 19 de março, pouco depois de a Petrobrás aumentar os preços da gasolina, diesel e GLP vendidos para as distribuidoras.

A prévia da inflação oficial, divulgada nesta quarta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), aponta que a gasolina foi a “vilã” da carestia em abril. Segundo o instituto, o IPCA-15 ficou em 1,73% em abril —maior variação para o mês desde 1995 – e foi puxada exatamente pelo setor de transportes (3,43%), fortemente impactado pelo aumento do preço da gasolina.

O combustível subiu 7,51% no mês e contribuiu com o maior impacto individual no índice (0,48 ponto percentual). Os preços do diesel (13,11%), do etanol (6,60%) e do gás veicular (2,28%).

Brasil247

Continue acessando o blog EUDESFELIX.COM.BR e também pelo FACEBOOK

Categoria: Notícia Geral